Bando armado rouba agencia bancário da cidade de Grajaú – MA.

Compartilhe esse artigo! Facebook +Google Twitter Pinterest

Cerca de dez homens fortemente armados e a bordo de dois veículos roubaram uma agência bancária, por volta das 1h da madrugada desta terça-feira (12/01), na cidade de Grajaú, a 557 quilômetros de São Luís (MA). Os suspeitos se distribuíram pela cidade e fizeram reféns, bloquearam uma ponte que dá acesso ao município e atiraram pelas ruas.

Segundo moradores, a ação dos bandidos começou na ponte de cimento que fica na BR-226, onde usaram um caminhão de limpeza e um reboque, ambos roubados, para impedir o acesso a Grajaú. Depois jogaram óleo na ponte de madeira (no centro da cidade) e atearam fogo para intimidar a população.



Em seguida foram até a agência do Banco do Brasil e com marretas arrombaram todos os caixas eletrônicos. Com o dinheiro, fugiram em duas caminhonetes em direção a cidade de Arame, onde abandonaram e queimaram um dos veículos usado na ação criminosa. Na sequência sumiram após entrar em uma estrada vicinal. Os reféns foram liberados na MA-006. “A polícia ainda trocou tiro com os bandidos. Mas por causa dos reféns pararam e só tentaram cercar. Eram apenas seis policiais contra uns nove bandidos. Não é a primeira vez isso. Já houve uns seis assaltos de grande violência na cidade”,afirmou um morador identificado como Francisco.



Em nota enviada a imprensa, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) informa que o assalto no município de Grajaú já está sendo investigada pelas Polícias Civil e Militar.

Leia a íntegra da nota:

“A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) informa que a ocorrência no município de Grajaú já está sendo investigada. Integrantes da Polícia Civil e da Polícia Militar do Maranhão já estão à procura dos assaltantes. O valor levado não foi divulgado. A SSP informa que tem adotado uma série de medidas para desarticular quadrilhas especializadas neste tipo de crime, a partir de operações específicas da Polícia Civil, por meio do Departamento de Combate a Roubos a Instituições Financeiras (Dcrif), órgão da Superintendência Especial de Investigação Criminal (Seic). Ações conjuntas estão sendo realizadas também com as Secretarias de Segurança dos estados do Piauí e do Tocantins para identificar as quadrilhas que tem atuação nos três estados”.

Fonte: g1/ma




Compartilhe esse artigo! Facebook +Google Twitter Pinterest

Nenhum comentário: