É verdade que o vigilante que foi filmado espancando a filha de 3 anos de idade foi morto na prisão?

Compartilhe esse artigo! Facebook +Google Twitter Pinterest

No dia 02 de janeiro de 2016, a notícia da morte do segurança David Vargas dos Santos se espalhou através das redes sociais e foi muito compartilhada através do WhatsApp. O homem, que apareceu dias antes em um vídeo batendo na filha de apenas 3 anos de idade, havia sido preso pela polícia no dia 30 de dezembro de 2015 em Francisco Morato (SP), mas de acordo com o texto da notícia, teria sido morto pelos outros presos que estavam ma mesma cela que ele.

A notícia vem acompanhada da foto do homem morto, provando que a “justiça teria sido feita” com o pai violento!

Será que essa história é verdeira ou falsa?





Verdade ou farsa?

No dia 30 de dezembro de 2015, a polícia prendeu o vigia noturno David Vargas dos Santos, acusado de espancar a filha de apenas 3 anos de idade (as agressões foram filmadas pela mãe da vítima, com um aparelho de celular). Conforme explicado no Portal R7, o homem foi conduzido à Cadeia Pública de Cajamar no dia seguinte, onde cumprirá a pena temporária de 30 dias e responderá pelo crime de tortura!

O preso ainda está vivo e a foto do homem morto não tem nada a ver com o vigia espancador de criancinhas.

Na verdade, quem inventou esse boato usou uma foto antiga para enganar os mais desavisados. O homem que aparece morto na foto era um vendedor de DVD que foi esfaqueado por um assaltante na cidade de Itabuna (BA)! O crime ocorreu em novembro de 2009!




Reprodução/Notícias de Itabuna

Conclusão

O homem que foi preso após espancar a filha de 3 anos de idade não foi morto na cadeia! Quem inventou esse boato usou uma foto de 2009 para enganar as pessoas.




Compartilhe esse artigo! Facebook +Google Twitter Pinterest

Nenhum comentário: