Página policial alerta para o não compartilhamento de vídeo de pedófilos! Entenda


A internet é fato. Boa para uns, nem tanto para outros, mas ela é um fato. E, como tudo na vida, há vantagens e desvantagens na internet, existe um lado bom e um lado ruim. Falar sobre as duas faces da internet é difícil pela sua dimensão, abstração e percepção que as pessoas têm dela. 

Um dos lados ruins da internet é que muitas pessoas ficam expostas e com isto acabam sendo vítimas de golpes, roubos entre outros crimes. É muito fácil criar por exemplo um perfil falso em uma rede social, com fotos de pessoas desconhecidas.

Porem na internet o que é desconhecido passa a ser conhecido em instante, Alex Soares Barros viu sua vida ser transformada em um inferno depois de ser vítima de uma dessas montagens, são os chamados (fakes).

Ele foi acusado de ser o autor de um vídeo que viralizou na semana passada compartilhado por milhões de pessoas no facebook em que um pedófilo aparece abusando de um bebê, quando na verdade ela foi mais uma vítima dos chamados fakes.

Pensando nisso uma pagina denominada de Plantão Policial PI administrada por policias do Piauí faz um apelo para que não compartilhem videos de pedófilos como forma de encontrar o criminoso.

Leia na íntegra e entenda o porquê:

Gostaríamos de pedir encarecidamente aos nossos curtidores que por favor , não colaborem com esses monstros da Internet que baixam vídeos de pedofilia e pedem para que pessoas compartilhem, como forma de encontrar o criminoso, quando na verdade será quase impossível a localização. O que eles querem é que milhões vejam. Esses vídeos semelhantes aquele que muita gente abriu e compartilhou , são antigos , a maioria não são no Brasil e muitos são usados por pessoas de má fé para denegrir a imagem e caluniar pessoas , desafetos e outros.

Muitas perguntas foram feitas pra gente sobre o assunto, até nos chamaram de omissos, se fosse possível seríamos os primeiros a divulgar e pedir as providências através das autoridades que conhecemos, mas como vimos que se tratava de um vídeo antigo e que não tinha nem uma pista que pudesse ajudar na investigação, resolvemos não compartilhar, com certeza as autoridades que investigam esses casos já tomaram conhecimento, será melhor pra todos e quem recebeu não abra ,exclua e não compartilhe , outra coisa , estão fazendo várias montagens de pessoas os acusando de serem os autores desse vídeo, se o vídeo não foi feito no Brasil como essas pessoas podem ser suspeitas ? 

Esse rapaz está sendo vítima disso , dessas acusações e montagens, portanto ajudem, desmentindo essa história, tudo que estão contando sobre esse caso de que foi encontrado o estuprador é mentira.

AGRADECEMOS O APOIO


            

Veja também:

Vídeo recebido pelo Whatsapp. Suposto envolvido em ato sexual com bebê de aproximadamente 3 meses NEGA sua participação...
Publicado por Blog do Luis Magno -Santa Luzia do Paruá em Domingo, 17 de janeiro de 2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário