Marido espanca jovem até a morte por desconfiar da paternidade de filho

Compartilhe esse artigo! Facebook +Google Twitter Pinterest
Depois de cometer o ato violento, o marido levou a vítima para o Hospital Santa Marcelina de Itaquaquecetuba, mas não resistiu aos ferimentos



Na madrugada de terça-feira (23), uma jovem de 18 anos foi agredida até a morte pelo marido dentro de casa em Itaquaquecetuba, região metropolitana de São Paulo. O motivo que levou o suspeito a assassinar a mulher é que ele desconfiava de não ser o pai de um dos filhos dela. O homem ainda não foi preso, informou o portal "R7".

O principal suspeito de ter cometido o crime é o marido da jovem, Atemilson Pereira Santos, de 35 anos, segundo a família da vítima, Natália Aparecida Dos Santos Luiz. Os dois estavam casados havia três anos e, durante o relacionamento, chegaram a se separar dez vezes. O casal teve dois filhos: uma menina de um ano e quatro meses e um menino de apenas quatro meses

Ainda segundo o "R7", a família informou que o marido era muito ciumento e não aceitava o fim do relacionamento conturbado. Além disso, ele desconfiava de que o filho mais novo do casal não era dele. De acordo com a família da mulher, apos matar Natália, Atemilson chamou a sogra e alegou que a jovem tinha cometido suicídio.

Depois de cometer o ato violento, o marido levou a vítima para o Hospital Santa Marcelina de Itaquaquecetuba, mas não resistiu aos ferimentos. Segundo a mãe da vítima, a perícia foi feita e constatou homicídio.
Compartilhe esse artigo! Facebook +Google Twitter Pinterest

Nenhum comentário: