Cansada de ser estuprada pelo próprio pai, menina de 12 anos conta tudo à mãe e 'monstro' acaba preso

Compartilhe esse artigo! Facebook +Google Twitter Pinterest


O caso foi registrado na Depca


Cansada dos abusos sofridos pelo próprio pai, um industriário de 35 anos, uma menina de 12 anos resolveu denunciar a violência através de uma carta escrita de próprio punho e que foi entregue à mãe na noite dessa terça-feira (21). A violência sexual acontecia dentro da casa da família, localizada no bairro Grande Vitória, na Zona Leste de Manaus.

Ao sair de casa, a criança encontrou uma guarnição da 4ª Companhia Interativa de Polícia (Cicom) e contou que havia deixado uma carta para a mãe relatando os estupros cometidos pelo pai. Em seguida, a mãe apareceu e, muito abalada, leu a carta para os policiais.

Diante da denúncia, os policiais militares foram até a casa da menina, onde o suspeito negou o crime. Ele recebeu voz de prisão em flagrante e foi encaminhado à Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

A menina ressaltou que os estupros eram cometidos havia cerca de um ano, e que já tinha escrito outra carta, mas que não teve coragem de entregar para a mãe. Ela contou ao tenente B. Chaves, da 4ª Cicom, que tinha sido vítima de mais um estupro na tarde de terça. Por conta disso, resolveu escrever a carta para a mãe. 

“A menina estava tão abalada, e sentia vergonha e medo. A todo o instante ela pedia perdão à mãe, pois na cabeça dela estava traindo a mãe”, disse o tenente B. Chaves.

Em um dos trechos da carta, a menina ‘pede ajuda’ e relata como ocorriam os estupros. Ela chega a pedir perdão para a mãe, mas que não conseguia impedir os abusos cometidos pelo pai.

Acompanhe alguns trechos da carta:

Em uma folha de caderno mesmo com erros da língua portuguesa, a menina cita – ‘Mãe me perdoa faz tempo que isso tá acontecendo o sonho que a senhora teve é verdade o papai que é esse homem faz um tempo que isso tá acontecendo... Tudo começou quando ele veio com uma historia de que queria luta. eu queria tirar ele de sima de mim, mas eu não conseguia depois eu deixei, mas na minha mente eu nunca quis. ele falava pra mim não sai so que me doía muito...





Foto: Divulgação





Foto: Divulgação





Foto: Divulgação


Na Depca, o homem voltou a negar as acusações da filha. Além de industriário, o homem faz bicos como mototaxista durante à noite.
A menina foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) onde foram confirmados os abusos.

O pai da garota foi autuado por estupro de vulnerável. Ele foi encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da capital amazonense, onde ficará à disposição da Justiça.

portal do Zacarias

Compartilhe esse artigo! Facebook +Google Twitter Pinterest

Nenhum comentário: