Dupla armada trajando roupas da cemar assaltam residência no centro de Bacabal

Compartilhe esse artigo! Facebook +Google Twitter Pinterest



Dona Aldenira proprietária da residência tinha acabado de chegar do interior quando ouviu as batidas no portão de sua residência localizada na Rua Clores Miranda, próximo ao Colégio Adventista no centro de Bacabal.
Ao chegar ao portão foi recebida por um bom dia em plena três horas da tarde, desconfiada, mesmo assim, ela ainda brincou dizendo; “bom-dia não, boa tarde, vocês ainda não almoçaram hoje?”.

Os dois bandidos que trajavam roupas da CEMAR disseram que tinham que entrar para verificar as lâmpadas da casa. Ao abrir o portão eles foram logo colocando a mão na cintura e falando “isso aqui bandida, não é CEMAR não, é um assalto, entra logo para dentro de casa” e foi logo perguntando pelo cofre e quantas pessoas havia na casa.

Dona Aldenora disse que só tinha ela, o sobrinho de 10 anos de idade, que foi logo agarrado pelos bandidos e mais outra pessoa.








Ela disse que eles queriam ver o cofre e que sabiam que havia dinheiro. Como medo de acontecer algo com sua tia, o garoto chegou a oferecer o cofre dele com moedas, mas os bandidos disseram que não queriam moedas e sim cédulas, Dinheiro.




Um dos ladrões ficou a todo o momento mexendo no contador para ninguém que ninguém desconfiasse, enquanto o outro metia o pânico nas vítimas.

A todo o momento as duas mulheres e a criança eram ameaçadas com a arma na cabeça. Foi então que Dona Aldenora lembrou que carregava consigo dentro da bolsa a quantia de R$ 2.000,00 (dois mil reais) que seria para fazer a catacumba do marido que está com um mês de falecido.






Os bandidos reviravam a casa toda em busca de dinheiro e objetos de valor. Sem encontrar mais nada que pudessem levar, eles fugiram com o dinheiro e as chaves da casa deixando todos trancados em um quarto da casa.


Segundo informações de funcionários de uma loja que fica próximo ao local do crime, os dois fugiram em uma motocicleta e que um dos ladrões tinha um diamante tatuado no pescoço.




A guarnição da Polícia Militar esteve no local colhendo informações e está realizando diligencias no intuito de prender a dupla de assaltantes.

Em tempo: Cabe ressaltar que a Companhia Energética do Maranhão "CEMAR" não tem nada a haver com a ação criminosa, que a empresa é tão vítima quanto as pessoas que foram roubadas

http://falandoseriobacabal.blogspot.com.br
Compartilhe esse artigo! Facebook +Google Twitter Pinterest

Nenhum comentário: