Pai é preso por estuprar as filhas de 14 e 9 anos; mãe das garotas também foi vítima



Um homem de 48 anos que abusava sexualmente das filhas, de 14 e 9 anos, há pelo menos dois anos, foi preso pela Polícia Civil em Capitólio, no Sul de Minas. As investigações tiveram início no dia 26 de março, quando as jovens compareceram à delegacia na presença da mãe, dando conta de que as meninas teriam sido molestadas no dia 21 de março por vizinhos, na zona rural de Capitólio, onde o pai e suspeito do crime residia. Ele foi detido na última sexta-feira (20).

A vítima de 9 anos teria sido abusada por um vizinho, enquanto que a de 14 anos teria sido molestada por quatro vizinhos, quando estes iam passar o final de semana e férias na casa do pai. Posteriormente, ao longo das investigações, a adolescente revelou à polícia que o pai teria sido o primeiro a cometer os abusos, quando ela tinha 12 anos, o que continuava acontecendo até recentemente. O exame de corpo de delito confirmou que houve ruptura de seu hímen.

A mãe das jovens informou que também foi abusada sexualmente pelo companheiro e pai das vítimas quando tinha 11 anos de idade, tendo sido obrigada pelo seu pai a se casar com o investigado. O relacionamento se rompeu há aproximadamente seis anos, e em desfavor de seu ex-marido possui medidas protetivas de urgência. Suas declarações foram prestadas na delegacia antes do relato das menores. Na ocasião de sua oitiva, a mãe já revelava um temor de que o ex pudesse ter cometido o mesmo crime contra as filhas, que não sabiam de sua história, o que veio a se confirmar na segunda oitiva da vítima de 9 anos.

A delegada responsável pelo caso, Karen Hellen Esteves de Avelar, já concluiu as investigações, relatou o inquérito e representou pela prisão preventiva de todos os investigados. No entanto, foi deferida pela Justiça apenas a prisão em relação ao pai das garotas, que foi preso na localidade de Escarpas do Lago, zona rural de Capitólio.

Da Polícia Civil

Nenhum comentário:

Postar um comentário